Home > Notícias > Condsef/Fenadsef envia carta a presidenciáveis com reivindicações de servidores

Condsef/Fenadsef envia carta a presidenciáveis com reivindicações de servidores

Demanda da maioria dos federais foi enviada aos 13 candidatos. Três não tiveram representantes encontrados nos enderenços informados ao TSE. Entidade vai continuar tentativas para entregar carta a todos


Condsef/Fenadsef envia carta a presidenciáveis com reivindicações de servidores
Foto: Arte Ig São Paulo

Condsef

A Condsef/Fenadsef protocolou na última semana carta com intenções e reivindicações defendidas pela maioria dos servidores do Executivo aos candidatos à Presidência da República. A entidade não conseguiu entregar a carta a três dos treze candidatos com chapa inscrita no TSE. Nenhum representante das candidaturas de Cabo Daciolo (Patriota), João Amoêdo (Novo) e Vera Lúcia (PSTU) foi encontrado nos endereços informados no TSE. A entidade vai retornar as tentativas de entregar a carta aos candidatos.

No documento (CONFIRA AQUI) é externada preocupação com o momento vivido pelo País. A Emenda Constitucional (EC) 95/16 é um dos alvos dessa preocupação. O desmonte do Estado e os constantes ataques a direitos de toda classe trabalhadora também aparecem na carta como preocupações.

A Condsef/Fenadsef espera receber o retorno dos candidatos. Assim, servidores podem ter condições de definir e avaliar os projetos que não só dialogam com as principais expectativas da categoria, mas também aponte solução para as necessidades mais urgentes do setor público. Aos presidenciáveis foram apresentados ainda eixos norteadores de propostas e reivindicações prioritárias da maioria dos servidores federais.

Vale lembrar que entre os dias 30 de agosto e 1o de setembro acontece em Brasília o seminário "O Serviço Público que Queremos". Promovido pelos fóruns que reúnem o conjunto dos servidores federais (Fonasefe e Fonacate) com apoio de centrais sindicais e entidades de servidores estaduais e municipais, o seminário vai debater os impactos das mudanças no Estado brasileiro e suas consequências para a sociedade.

A atividade vai reunir representantes dos servidores públicos de todas as esferas dos âmbitos Federal, Estadual e Municipal. Além do foco na revogação da Emenda Constitucional (EC) 95/16, nas reformas Trabalhista e da Previdência, debatedores e especialistas convidados abordarão temas tanto de conjuntura política, econômica, além da busca por unidade no setor capaz de dialogar com a sociedade sobre a importância do investimento público para garantir acesso a serviços de qualidade a que todos tem direito.






NOSSOS

PARCEIROS