Home > Notícias > 24J: Servidores reforçam atos #ForaBolsonaro e contra reforma Administrativa

24J: Servidores reforçam atos #ForaBolsonaro e contra reforma Administrativa

Em mais de 400 cidades, em todas capitais, Brasília e também no exterior atos estão confirmados. Luta contra reforma Administrativa está na pauta. Confira os locais e participe. Nas redes use a hashtag #24JForaBolsonaro


24J: Servidores reforçam atos #ForaBolsonaro e contra reforma Administrativa
Foto: Scarlett Rocha

Condsef/Fenadsef

Esse sábado, 24, será mais um dia histórico no Brasil e no mundo pelo #ForaBolsonaro. Atos pelo impeachment de Jair Bolsonaro estão confirmados em mais de 430 cidades, em todas as capitais e no Distrito Federal. As atividades ainda incluem outras pautas, entre elas a luta contra a reforma Administrativa (PEC 32/20) que, na prática, representa o fim dos serviços públicos no Brasil. Salário, emprego, trabalho decente e renda, contra as privatizações, em favor de uma reforma Tributária justa, solidária e Sustentável, por vacina para todos também estão entre as bandeiras prioritárias de mais esse dia de lutas. Os organizadores esperam atos ainda maiores dos já registrados anteriormente em todo o Brasil. 

Em Brasília a atividade começa às 15h com concentração às 14h30 no Museu Nacional. A Condsef/Fenadsef estará no bloco contra a PEC 32 que vai reunir a CUT e diversas entidades, entre elas o Sindsep-DF. Nas redes também haverá movimentação ao longo de todo o dia. Use a hashtag #24JForaBolsonaro e mande seu recado contra a reforma Administrativa, em defesa dos serviços públicos, por vacina para todos, em defesa da vida. Você pode marcar parlamentares nas redes sociais e cobrar um voto contra a PEC 32/20 e em defesa dos direitos do povo. Acesse o "Na Pressão", escolha um parlamentar de seu estado e deixe seu recado. 

Reveja a pauta dos atos que, além do impeachment de Bolsonaro, reafirma as bandeiras de luta prioritárias da CUT neste dia. 

a) Luta contra as privatizações;

b) Luta contra a reforma Administrativa;

c) Reforma Tributária Justa Solidária e Sustentável;

d) Por salário, emprego, trabalho decente e renda;

e) Contra a inflação, carestia e a fome;

f) Vacina para todos;

g) Auxílio emergencial de R$ 600;

e) Defesa da agricultura familiar e luta por segurança e soberania alimentar.

Confira onde já tem atos marcados:

Com informações da CUT Nacional






NOSSOS

PARCEIROS