Mai 25
Sexta

In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player

Powered by RS Web Solutions

Banner

Calendário

Maio 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
29 30 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31 1 2

Usuários Online

Nós temos 110 visitantes online
22/01 – Condsef/Fenadsef acionará Justiça contra reajuste de quase 20% anunciado pela Geap PDF Imprimir E-mail

Operadora apresentou cálculos que levaram a proposta. Percentual é questionado pela entidade

O secretário-geral da Condsef/Fenadsef, Sérgio Ronaldo da Silva, participou na última quinta-feira, 18, de reunião com representantes da Geap Saúde, operadora que atende a maioria dos servidores do Executivo e seus dependentes. Enquanto representante de cerca de 80% da categoria, a Condsef/Fenadsef foi ao encontro ouvir a direção que pretende implantar um reajuste de 19,94% nos planos da Geap em 2018. Cabe esclarecer que a participação na reunião não implica na aceitação da entidade aos valores e dados apresentados. Considerando percentual elevado, a Condsef/Fenadsef vai acionar a Justiça contra o reajuste que pretende ser aplicado. Vale lembrar que com a Emenda Constitucional (EC) 95/16, que prevê congelamento de investimentos públicos por 20 anos, a renda dos servidores federais será diretamente afetada e arcar com percentual bem acima da inflação não será viável.

Cerca de 600 mil vidas são atendidas pelo plano de autogestão. No ano passado foi travada outra luta judicial para que um reajuste de mais de 37% não fosse aplicado. A Condsef/Fenadsef espera que seja aberto um debate envolvendo os representantes da Geap e dos servidores atendidos pelo plano para garantir que um consenso possa ser encontrado. De todo modo, a assessoria jurídica da entidade foi acionada para buscar que esse reajuste não chegue até os associados. Desde sempre, a Condsef/Fenadsef defende a sustentação e o fortalecimento desse modelo de autogestão que historicamente atende servidores e seus dependentes com os preços mais competitivos do mercado de planos de saúde.

Faz-se urgente continuar discutindo a situação dos planos de autogestão e buscar soluções definitivas para melhorá-los. É importante assegurar o pagamento de valores justos e a segurança de assistência médica aos servidores e seus dependentes naturais; isso até que o SUS (Sistema Único de Saúde) possa assumir integralmente sua missão de suprir a demanda por saúde da população brasileira. A Condsef defende o diálogo com o objetivo de debater estratégias e soluções para que o plano continue prestando serviços levando em conta a realidade financeira de seus principais assistidos. Garantir o debate para ampliar a representatividade dos trabalhadores nas decisões centrais de gestão desses planos também se faz urgente.

 

        

isp america   capacartilhami 880