Mai 21
Segunda

In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player

Powered by RS Web Solutions

Banner

Calendário

Maio 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
29 30 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31 1 2

Usuários Online

Nós temos 156 visitantes online
23/12 – Para combater o avanço do estado mínimo: UNIDADE MÁXIMA PDF Imprimir E-mail

O golpe dado em nossa democracia desencadeou um rápido e perigoso processo de ataque aos direitos da classe trabalhadora. Seja no setor público ou iniciativa privada, os direitos adquiridos e conquistados com muita luta estão sendo velozmente golpeados. 2016 foi um dos anos mais duros para nós trabalhadores. Mas historicamente os momentos de grande dificuldade são também aqueles onde mais nos fortalecemos. Não poderá ser diferente em 2017.

Alheio à vontade da maioria da população, o Congresso Nacional tem aprovado projetos polêmicos e apontados por especialistas como o marco para um período de grande retrocesso. PEC 55/16, que congela investimentos públicos por 20 anos, PLP 257/16 que entrega aos estados a responsabilidade de promover ajustes em contas deixando em aberto a possibilidade de ataque aos serviços públicos, reforma trabalhista e reforma da Previdência que retiram direitos de todos os trabalhadores.

O rolo compressor não respeita o diálogo e a aprovação de tantas propostas polêmicas tem acontecido até mesmo na calada da noite. Os protestos legítimos a tanta barbaridade são duramente atacados pela polícia com forte aparato repressor e viés de criminalizar os movimentos sociais. Num cenário tão adverso é preciso não perder a coragem e nem a esperança. Tempos melhores virão se soubermos resistir juntos a esse momento.

Não tivemos, no entanto, um ano só de derrotas. Com a mesma unidade que nos mantém nos últimos 25 anos, 2016 também foi marcado pela conquista da carta sindical da Fenadsef que nasce como irmã siamesa da Condsef e nos dá todo respaldo jurídico necessário para seguir representando nossa base que é a maior da América Latina no setor público.

Em 2017 vamos seguir juntos. Continuaremos nas ruas e unidos em todos os momentos à luta dos trabalhadores, pela valorização dos servidores e em defesa dos serviços públicos. Para o próximo ano e todos os desafios que estão por vir, a Condsef convoca os mais de 800 mil servidores do Executivo Federal que representa a unir forças. Vamos juntos defender os direitos que já temos e assegurar a conquista de bandeiras de luta que seguem prioritárias. Para combater o avanço do estado mínimo é preciso nossa unidade máxima.

Não podemos e não vamos permitir retrocessos. Unidos somos fortes. Nenhum direito a menos. Nenhum passo atrás.

 

        

isp america   capacartilhami 880